Festinha, dia das mães e outros

Sábado passado eu e o Wesley fomos para uma festinha de criança. Fomos convidados pela avó do aniversariante, que apresenta, juntamente com o meu marido e um outro amigo, um programa sobre o Esperanto na rádio Boa Nova.
Enfim, fomos para a festinha, comemos salgadinhos, docinhos, bolo e tudo aquilo que é delícia em festa infantil, mas que acaba com qualquer dieta, tanto que eu estava convencida de que engordaria horrores(mas nem foi :P).
Depois que vim morar em Sorocaba qualquer passeio me faz sentir alegre, principalmente se encontro pessoas com as quais posso papear um pouquinho, rir de besteiras e ouvir sobre a vida delas…adoro escutar. Lá em Fortaleza eu era super reclusa, não gostava de sair e vivia enfurnada dentro de casa, só saia pra faculdade, ia almoçar na minha mãe todos os dias da semana e vez ou outra ia ao cinema ou coisa do tipo…meu negócio era ficar em casa assistindo minhas séries, dormindo, lendo os blogs que gostava e só. Aqui é diferente, sempre sinto falta de ver gente, de ter alguém pra conversar, de ir pra qualquer lugar (até o Extra conta). Por essas e outras que a festinha foi uma delícia, encontrei com um casal de amigos do Wes e os seu 3 lindos filhos e pude gastar algumas das 20 mil palavras que tenho disponíveis diariamente.
Na primeira foto: Eu, Teka, Ari e Sil. O Ari e a Teka apresentam o programa de Esperanto com o Wes na rádio Boa Nova e a Sil é esposa do Ari.
Na segunda foto: O casal Ari e Sil. Quando eu e o Wesley formos ter nossos filhos, iremos pedir o guia “Como criar seus filhos, por Ari e Silvia”, eles sabem o porque heheheheh.
Nessas 3 últimas fotos são os filhos fofos do Ari e da Silvia. São lindos e super educadinhos. A única que fez pose pra foto foi a Bárbara, os meninos não quiseram nem saber de tirar foto e só consegui clicar quando eles estavam distraídos.
No dia seguinte foi dia das mães e não foi legal ficar longe da minha. Ano passado, na mesma data, eu estava na casa dela rindo, comendo, brincando e me divertindo com ela, meu esposo e minhas irmãs…foi tão gostoso, tão simples e verdadeiro. Primeiro porque nunca tínhamos feito nada parecido e segundo porque eu já sabia que esse ano estaríamos longe uma da outra. Minha mãe é minha melhor amiga e eu não consigo descrever o quão grande é meu sentimento por ela. Mesmo estando longe não tem um só dia que não nos falamos ao telefone ou trocamos mensagens e não tem um só dia que meu coração não fique apertado por ela estar longe de mim, por conta isso o meu dia das mães não foi tão legal, muito pelo contrário, fiquei meio deprê, jogada no sofá o dia inteiro, pensando e com um sentimento de nostalgia que não cabia dentro de mim. Eu amo demais essa mulher.

Percebendo o meu “desalento” o fofo do Wes foi pra cozinha preparar um bolo pra mim, afinal eu insisti em afirmar que aquele também era o meu dia já que eu serei a mãe dos filhos dele, então era bom ele começar a me dar presente desde já..ehehehehe. O Wesley está se garantindo muito como o boleiro oficial daqui de casa.

O restante da semana foi tenso. Estou com problemas em uma disciplina na faculdade e tenho que correr contra o tempo para conseguir recuperar a nota desastrosa que tirei no primeiro módulo. Esse semestre a rotina de estudos está uma loucura, pois estou fazendo 9 disciplinas e ainda sou monitora de química geral. Como eu ainda não consegui estágio, sei que dá pra levar as 9 matérias numa boa e por isso mesmo me cobro demais quando tiro uma nota baixa até mesmo porque eu estudo pra caramba.O problema foi que cometi o grande erro de me matricular em uma cadeira super difícil, quebrando todos os pré-requisitos que eu ainda não tenho, só pra não ficar com horário vago na grade desse semestre. Fui com muita sede ao pote e engenharia não perdoa.De resto, no meu tempo livre fiz o de sempre: fui pra academia e estudei fotografia (muito, muito pouco). Tirei algumas fotos bem amadoras, mas vou colocar só duas aqui. As imagens não tem nada de especial, mas quero deixar registrado algo que fez parte dessa semana.

Nas férias vou me dedicar bastante a fotografia e ver se eu fico “craque”. Já ando olhando alguns blogs e pegando algumas referências para inspiração…me falta criatividade…#sadlife
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s