7 meses depois…

Apareci… 7 meses depois, mas apareci. Não sei se vou continuar postando sempre, ou de vez em nunca, mas é assim…sou muito de fases.

Esses últimos meses foram meio loucos e muitos sentimentos se misturaram. Finalmente consegui o meu estágio, infelizmente larguei a academia e depois disso já ganhei 5kg, não fiz nenhum passeio maravilhoso, estudei muito pra faculdade, fui monitora de matemática aplicada, fui para Fortaleza em um bate e volta para ver minha mãezinha linda, amigos e irmãs, comprei lentes de contato e um óculos de grau novo, abri uma lojinha no Tanlup, sonhei com um futuro diferente, comprei um xbox, estou tirando a carteira de motorista e várias outras coisa, não obrigatoriamente nessa ordem.

Já estamos em março. Não lembro o que pedi na passagem do ano…na verdade acho que lembro, só não tenho certeza. Mas nesse momento eu sei o que gostaria muito… Eu sou uma pessoa que sonha acordada, que pensa em vários tipo diferentes de vida todos os dias e que consegue se imaginar em diversas situações conseguindo sentir o cheiro do ambiente, o gosto da comida, a textura do chão… esse e meu super poder. As vezes isso é bom, pois consigo me desligar um pouquinho da realidade nos momentos em que as coisas não estão muito legais, mas às vezes não é legal pois eu acabo ficando meio frustrada (eu sofro do mal da eterna insatisfação humana) :/

Talvez pensar demais (isso inclui sonhar demais) também seja o meu ponto fraco. Ultimamente tenho pensado muito no meu estágio, por exemplo. Eu gosto muito do lugar onde trabalho e me dou super bem com o meu chefe que é um “pãe”( pai + mãe hehehhe), mas me encontro em uma situação de insegurança em relação ao meu futuro. Porque? Bem, eu sempre estagiei na mesma área e tenho medo que isso defina o que vou fazer o resto da vida, tenho medo de não ter a oportunidade de fazer e aprender coisas diferentes…estou relativamente próximo de me formar e geralmente quanto a pessoa está estagiando em um cargo e precisa do dinheiro, se existe a possibilidade de efetivação a pessoa acaba aceitando até que chega o momento em que se vê presa e não consegue mais sair e esse e o meu maior medo hoje.
Queria muito ter a oportunidade de ir para a área de automação por exemplo, ou até mesmo para a área de engenharia de aplicação, mesmo para que depois eu diga: “Não era isso que eu queria, prefiro a área que estava antes”. É complicado… Então tô meio que estudando algumas coisas por conta própria, tentando conciliar isso com meu dia a dia corrido de faculdade, estágio, monitoria e dona de casa.

No momento o que mais quero é a minha casinha simples, em um lugar tranquilo, onde meus sonhos se realizem, onde eu tenha uma vida calma e com qualidade e onde eu sinta que finalmente encontrei o meu lugar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s