Hoje está mais perto que ontem

my dream

A foto acima está como capa do meu face a tempos, desde que recebemos a notícia de que o Wesley havia passado na entrevista. Essa imagem reflete bem o que está acontecendo, pois sinto que tenho em minhas mãos a realização de um sonho…não só nas minhas, é claro, pois para acontecer depende de tantos e tantos e tantos fatores, mas acredito que cada vez mais as coisas ficam mais paupáveis, mesmo com todos os problemas que nosso processo de imigração está “sofrendo”.
Essa semana fizemos os exames médicos. Íamos fazer na quarta, mas por alguns motivos tivemos que antecipar para terça feira e foi relaxante e ao mesmo tempo angustiante pois eu estava com medo de dar algo errado. É meio estranho descrever a maneira como me sinto em realção a tudo, pois ao mesmo tempo em que eu fico com medo, me sinto cheia de esperança.
O exame com o médico aconteceu de forma tranquila, a mais tenso foi na hora do exame laboratorial e raio-x de pulmão pois tivemos um pequeno imprevisto com $$, mas deu tudo certo no fim das contas. Depois disso era só aguardar o resultado que por sinal saiu ontem: deu tudo certo… todos os exames deram ok e agora estou mais aliviada.
O “problema” nesse momento é a greve do consulado/embaixada…parece que agora parou tudo mesmo. O pessoal tentou um acordo com o governo do Canadá, que por sua vez negou. Segundo o Wesley, parece que o aumento que os diplomatas querem custaria ao Canadá 4 milhões e o país está perdendo 8 bilhões só com o fato de estudantes estrangeiros não poderem se matricular nas universidades canadenses por causa do visto. Não entendo muito bem o porque disso tudo, então prefiro não opinar…vai que eu diga alguma besteira.
Enfim, o que estou tentando agora é ter o pensamento positivo e ficar confiante que em duas semanas eu estaremos com o nosso visto em mãos.

Paralelo a isso eu vou conhecendo e sabendo de mais e mais pessoas com o mesmo desejo de imigrar para o Canadá. Mais e mais pessoas com o sonho de conhecer outras culturas, ter uma experiência internacional ou simplesmente insatisfeitas com a atual situação do Brasil sonhando com Quebec como destino.
E eu, porque quero ir embora? Acho que o Brasil tem os seus problemas, claro, mas deooos me proteja de ser o tipo de imigrante que vai embora e fica o tempo todo falando que esse país é uma porcaria ou daí pra pior… Eu vou pois quero conhecer pessoas, lugares, idiomas, culinárias…eu vou pois sinto que encarnei ao lado das pessoas certas, porém no lugar errado…eu vou pois sinto que mesmo meu coração estando aqui com minha familia e amigos a minha alma pertence a vários lugares, mas como não dá para estar em vários lugares ($$) eu escolhi o Canadá para começar. Quero ter a esperança de que as coisas aqui podem melhorar, pois quero oportunidades para todas as pessoas que amo e que vão continuar aqui…não quero ir embora, virar as costas e esquecer de tudo e de todos, sabe? Eu sei que fico indignada muitas vezes com coisas que vejo acontecerem por aqui e falo besteira simplesmente por falar, sem saber o foco, o motivo e a causa do que acontece…pois algumas coisas são difíceis de engolir mesmo, mas se eu chegar lá e começar a fazer comparações chatas por favor, puxem minha orelha, meus cabelos e o que mais der para puxar…hehehehe. Claro que em algum momento, para contar algo de interessante que eu encontre pelas bandas de lá, eu vou fazer algum comparativo…só espero do fundo do meu coração que não seja depreciativo e etc.

Enfim, falta pouco.

Anúncios

Um comentário sobre “Hoje está mais perto que ontem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s