2 meses

Dois meses amanhã. Parece tão pouco tempo e, ao mesmo tempo, parece uma eternidade. Estou muito feliz com nossa mudança para cá. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, morar para as bandas de cá não significa “ficar rico”, significa sim recomeçar do zero, economizar bastante, passar por alguns perrengues e ver a vida dar uma reviravolta. E isso é bom sim, pelo menos para nós está sendo maravilhoso. É um desafio dar um “reset” na vida, deixar família, amigos, emprego, faculdade e planos no Brasil para fazer tudo novamente e com a esperança e expectativa de ter uma vida mais tranquila, acesso a educação de qualidade sem precisar pagar os olhos da cara, ter filhos e vê-los crescer no mínimo trilingues, poder usar o celular no meio da rua a meia noite sem medo algum e por aí vai… a lista de vantagens só cresce dia após dia. E mais uma vez, para todos aqueles que ficam soltando piadinhas: não, não viemos para cá ficar ricos, até mesmo porque a distribuição de renda aqui funciona, viemos pela chance de uma vida pacata, em um lugar tranquilo, onde nossos sonhos possam se realizar.

Sobre o dia a dia, ainda não tenho muitas novidades que possam somar pontos nas pesquisas do futuro imigrante. Estou aprendendo, estou errando, estou acertando e aos poucos vou me organizando o suficiente para poder passar informações mais consistentes.
Meu francês está evoluindo aos poucos, meu tempo livre está ficando cada vez mais apertado e eu ainda nem iniciei meu projeto pessoal de fotografias. Agora estou na luta contra a balança pela trilionésima vez, estou tentando fazer por mim coisas que no Brasil eu não me permitia e continuo nas minhas mudanças repentinas de humor, rindo e chorando.

floresnasacada

Minha coloc é tão criativa. O ap que estamos morando é cheio de detalhes artísticos, vintage e ao mesmo tempo lúdicos. Acho esse enfeitinho de flor na sacada do ap lindo.

pesdescal

Nos dias de muito frio, me sinto de férias. Dá uma preguicinha de sair. Semana passada já tivemos sensação térmica de -20 e confesso que é muito cansativo vestir um monte de roupas para sair, depois tirar todas essas roupas quando entrar em um ambiente mais quente. Não estou tão assustada assim com o frio, mas a minha pele se transformou. Estou com muita coceira no corpo e como isso nunca tinha acontecido, acredito que seja por conta da pele ressecada pelo frio e banho quente.

vista

O dia está acabando às 16:30h, mais ou menos. Nesse horário já começa a ficar escuro. É muito estranho ver o dia “acabar” tão cedo.

todomundojunto

Semana passada teve festinha em um dos cursos de francês onde eu estudo. Uma das coisas que mais gosto é poder conviver com essa diversidade cultural. Na minha sala tem gente da Colômbia, República Dominicana, Panamá, Vietnã, Filipinas, China, Guatemala, norte do Canadá, Argentina, Irã e Marrocos.

parabensparavc

A festinha foi para comemorar o aniversário do “esquimó” que estuda conosco e que está fazendo uma espécie de intercâmbio para aprender francês porque ele é jogador de hockey profissional – algo do tipo.
Foi super legal esse dia, pois a professora escreveu na lousa a musiquinha de “parabéns para você” aqui do Quebec, nos ensinou a cantar e na hora da festinha pediu para cada um desejar feliz aniversário pro Johnny cantando a versão da canção do seu país.

Yaaaaay!!!!! (totalmente desnecessário esse “yaaaay”, mas acontece que nunca sei como fechar um post. Não sei como encerrar um texto… Então fica assim mesmo.

Anúncios

3 comentários sobre “2 meses

  1. Raquel entendo perfeitamente quando fala de piadinhas, as pessoas começam a falar que vc tá rica pq está ou visitou outros paises, a gente fica chateada porque sabe o esforço que fizemos para juntar uma graninha, pesquisar e economizar muito pra realizar alguns sonhos, no meu caso e do João, apenas viajar e conhecer outras culturas. Mas, uma hora eles cansam e vão olhar para a vida de outra pessoa e no final das contas só quem ganha é vc, que tá aí vivendo e não observando a vida alheia pela janela.

    Menina e por falar em frio e coceiras, rsrs…. Visitamos Boston e Ny, agora em novembro, pegamos sensação de -6, quando tirávamos as roupas logo as coceiras nas pernas começavam, mas é tipo uma coceira como se fosse micose com pintinhas vermelhas, já estava com medo, rsrs. Mas foi só chegar na nossa terrinha que sumiu tudo instantaneamente.

    Então, é isso… Tudo de bom Quel e sempre que der poste ai suas novas que a gente vai acompanhando.

    Bjusssss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s