resumo dos 3 últimos meses

Esses últimos 3 meses foram muito intensos em relação ao francês. Quando eu cheguei aqui no Québec, quem acompanha o blog está careca de saber, eu não falava nadica de francês, então quando eu me matriculei em um curso obviamente eu iniciei no débutant A. Depois de 3 meses terminei o primeiro módulo e passei para o B, mas com apenas duas semanas no nível B o professor achou que eu estava mais avançada que minha turma e me promoveu para o débutant C. Eu, claro, aceitei o desafio pois imaginei que essa “promoção” me ajudaria a evoluir mais rápido no idioma, o que no fim das contas não foi lá essas coisas todas, mas na segunda-feira começam minhas aulas no intermediário e isso está me dando uma empolgação maior.
Eu já entendo praticamente 100% do que os professores falam em sala de aula, o problema é quando eu vou para a rua e preciso falar com as pessoas daqui. Todo mundo sabe que o que aprendemos nos cursos de línguas é bem diferente do como a língua é falada no dia a dia pelas pessoas que usam o idioma como língua materna. As pessoas não falam como aprendemos nos cursinhos… o sotaque é diferente, existem muitas gírias, muitas expressões, as pessoas falam rápido e tudo mais, então quando eu estou em uma parada de ônibus, por exemplo, e escuto as pessoas conversando entre si, meu nível de entendimento cai drásticamente e em alguns casos chega a zero. Kidó de mim!!!

Esses 3 últimos meses também foram intensos porque eu mudei para um apartamento só meu e do Wesley, fato que já devo ter comentado aqui, e a correria para mobiliar o ap (o que resultou em grana curta) somado ao cansaço do inverno e alguns problemas pessoias, me desanimou e não fiz praticamente nada de interessante do início do ano para cá. Para completar nos últimos dois meses eu tenho “sofrido” com algum problemas de pele e meu rosto está sendo o mais afetado. Como o frio está diminuindo cada vez mais, minha pele tem ficado enlouquecidamente oleosa e muitas espinhas loucas estão aparecendo. Eu tinha feito planos de gravar vídeos essa semana, mas fui presenteada com um nariz de palhaço e não tem maquiagem no mundo que disfarce, logo, estou com vergonha de gravar para vídeos para o meu pequeno e humilde canal no you tube.

Então, mudando de assunto, sexta passada foi o último dia de aula do nível débutant C e para variar, fizemos uma festinha de despedida. Não tem regime que aguente o ritmo de festas no curso onde eu faço francês, pelo menos umas duas vezes por trimestre fazemos uma espécie de buffet dos continentes, onde cada pessoa da sala deve levar algo típico do seu país. Dos 12kg que eu ganhei durante o processo de imigração eu perdi apenas 3kg fazendo aquela dieta Dukan, a qual eu tive que parar pois fiquei doente, e mesmo indo para academia no mínimo 3 dias por semana ( o que é pouco, eu sei) perder peso novamente está sendo cada vez mais difícil. E as tantas festinhas no curso também não ajudam ,ne?

lj1

lj2

lj3

lj4

lj5

lj6

lj7

Pela primeira vez algo que eu levei para uma festinha fez sucesso. A receita da vez foi salpicão e a maioria da sala gostou.
Pra variar eu não lembro o nome dos pratos que foram servidos, só sei que eu comi intestino de porco como desafio gastronômico…hsaushauhsua

Essa semana as temperaturas deram uma melhorada bacana. A neve está derretendo, não preciso mais sair usando casaco nem bota de inverno e meu humor vai melhorando a medida que eu posso ir usando vestidinhos, mesmo que com uma grossa meia calça por debaixo.
Mal vejo a hora de fazer pelo menos uns 15 graus para eu sair com gosto e ir com o Wes fotografar a cidade. Por enquanto seguem fotos aleatórias protegidas da frio.

lj8

lj9

lj10

lj11

Dizem que essa semana vai ter um dos dias que vai fazer 20 graus e dizem também que na proxima quarta-feira poderá nevar 40cm de neve.
Esperar para ver.

Anúncios

Festas de fim de ano (e post em francês)

Hoje eu vou escrever sobre as festas de fim de ano das escolas onde eu estudo francês e eu vou tentar escrever meus textos em francês e em portugues para praticar. Eu quero escrever sempre em francês pois eu acho que isso vai me ajudar a aprender mais. Observação: eu estou aprendendo, então é verdade que cometerei muitos erros.

Aujourd’hui, je vais écrire sur les fêtes de fin d’année des écoles où j’étudie le français et je vais essayer d’écrire mes textes en français et en portugais pour les pratiquer. Je veux écrire toujours en français car je crois que ça va m’aider à apprendre plus. Note: J’apprends, donc c’est vrai que je ferai beaucoup d’erreurs.

Há duas semanas aconteceu a festa de fim de curso no Mieux Être. Nesse curso eu já terminei o nível 1, então quando eu voltar terei outro professor.
Todos os alunos deveriam levar uma especialidade culinária do seu país para a festa de despedida, mas somente alguns alunos levaram alguma coisa.
Eu levei brigadeiro, minha amiga japonesa levou um bolo de chá verde, um rapaz da Espanha levou uma tortilha, um senhor do Nepal levou uma prato que se chama “Momo Nepales” (muito gostoso) e minha professora levou um pão (que é típico aqui do Quebec) e o famoso sirop d’erable.
A festa parece que aconteceu há tanto tempo e eu demorei tanto para escrever esse post, que nem me lembro mais o que aconteceu.
Fica aqui uma foto da minha turma de francês:

Il y a deux semaines la fête de fin d’année au Mieux Être est arrivée. Dans cette école moi j’ai terminé le niveau 1, alors quand je reviens, j’aurai un autre professeur.
Tous les élèves devaient porter une spécialité culinaire de son pays pour la fête d’adieux, mais seulement quelques élèves ont porté quelque chose.
J’ai emporté le “brigadeiro”, mon amie japonaise a emporté un gâteau de thé vert, un homme qui a venu de l’Espagne a emporté une tortille, un homme qui a venu du Nepal a emporté un plat qui s’appelle “Momo Nepalaise” (très delicieux) et ma professeure a emporté un pain qui est typique d’ici avec le vrai sirop d’érable.
La fête est arrivé ça fait si longtemps et j’ai pris tellement du temps pour écrire ce texte, que je ne me souviens plus ce qui s’est passé.
Voici une photo de ma classe de français :

20131205_153828
Esta semana, aconteceu no Louis Jolliet a festa de natal. Teremos duas semanas de férias por conta do Natal e ano novo, então comemoramos 3 coisas ao mesmo tempo.
A escola preparou atividades ao ar livre e fomos todos brincar no gelo e dançar zumba. Depois disso tivemos a nossa “ceia de natal” onde mais uma vez cada pessoa deveria levar uma especialidade culinária do seu país. Dessa vez eu não fiz brigadeiro, pois na festa do Mieux Être, as pessoas não gostaram muito, então eu decidi fazer um “Bolo Mole”, que é bem típico no nordeste do Brasil.
Nessa festinha havia comida da China, Jordânia, Irã, Argentina, Colombia, Brasil, norte do Quebec, Philipinas e Gambia. Infelizmente eu não anotei o nome dos pratos que foram servidos, mas tirei algumas fotos:
Na fim da festinha, todo mundo se reuniu para cantar meus parabéns adiantado, pois meu niver vai cair bem nas férias. Ganhei dois bolinhos 😀

Cette semaine la fête de Noel au Louis Jolliet est arrivée. Nous allons avoir deux semaines de vacances pour la fête de Noël et de fin d’année, alors nous commémorons 3 choses au même temps.
L’école a préparé des activités en plein air et nous tous sommes allés jouer sur la neige et danser la zumba. Après ça, nous avons eu notre dîner de Noël, où encore une fois chaque élève devrait porter une spécialité culinaire de son pays. Cette fois, je n’ai pas fait le “brigadeiro”, parce qu’à la fête au Mieux Être, les personnes n’ont pas beaucoup aimé, alors j’ai décidé de faire un “Bolo Mole”, qui est très typique du nord-est du Brésil.
Dans cette fête il y avait de la nourriture de la Chine, de la Jordanie, de l’Iran, de l’Argentine, de la Colombie, du Brésil, du nord du Québec, des Philippines et de la Gambie. Malheureusement, je n’ai pas noté les noms des plats qui ont été servis, mais j’ai pris quelques photos :

À la fin de la petite fête, tout le monde s’est réuni pour me chanter “joyeux anniversaire”, parce que mon anniversaire arrive pendant les vacances. J’ai gagné deux petits gâteaux 😀

DSC_0022

DSC_0024

DSC_0032

DSC_0033

DSC_0056

DSC_0058

tá na mesa, pessoal!!!!

Uma das coisas que compensa o fato de eu não ter mais tão facilmente uma coxinha ou pastel de frango com catupiry é porque em compensação eu tenho várias outras coisas que eu sempre tinha vontade de comer, mas que não inseria no meu cardápio diário ou por não ter no Brasil ou por eu achar muito caro.
Vou mostrar para vocês algumas coisas que já fazem parte do meu dia a dia e que eu estou adorando:

FRAMBOESAS
framboesssas
No Brasil eu só tive oportunidade de comer uma vez, que foi quando comprei no mercado central de SP. A qualidade não estava legal, muitas vieram mofadas e me custou os olhos da cara: 12 dilmas uma caixinha minúscula.
Aqui tem bastante nos supermercados e a qualidade é bem melhor. Talvez no Brasil não fosse tão boa pelo fato do país não ser um grande produtor, mas também não sei dizer se o Canadá produz essas frutinhas. Enfim, aqui em alguns lugares dá para encontrar 2 caixas por 5 rainhas elizabeth.

ASPARGOS
assspargos
Nunca tinha provado antes de chegar aqui e por isso mesmo estou adorando a possibilidade de fazer 1001 receitas com esse ingrediente. Aqui dá para comprar uns 30 talinhos de aspargos por 6 CAD no Cotsco.

MACARRÃO DE ARROZ
macarraodearroz
No Brasil eu comi apenas um vez, quando eu estava morando na última república. Aqui já comi várias e sempre acompanhado de legumes e algum molho. Acho uma delícia.

CHAMPIGNON FRESCO
champingnhonsss
Estou usando para praticamente tudo. Salada, molhos, sopas, carne….tudo!!!
O preço também é bem melhor que no Brasil. Geralmente compro duas caixas por 5 dólares.

QUEIJO BABYBEL
babybel
Esse virou o meu lanchinho ligth da tarde. Também nunca tinha comprado no Brasil por ser muito caro.. em Sorocaba eu vi uma vez um pacotinho com uns 8 custando 12 reais. Aqui comprei um pacote com 28 e paguei 9 dólares.

Ainda tem várias outras coisas gostosas que aqui viraram parte do meu cardápio. Depois passo para mostrar outros itens. Por enquanto esses são os mais frequentes na minha mesa.

[vídeo] Cursos de fracês no Quebec

Finalmente fiz o meu primeiro vídeo no sábado. Fiquei com vergonha, falei horrores e o vídeo acabou ficando enorme, não sei se consegui ser esclarecedora, fiz muitas caretas, mas no fim das contas eu fiz.

Espero que gostem. Se alguém tiver alguma dúvida é so deixar um recado aqui no blog que eu tento responder depois.